Quem é Eliézer? ELIÉZER

Eliézer de Albuquerque Tavares é filho do pastor Eliézer Tavares e da professora Ruth de Albuquerque Tavares. Casado com a dentista Arlene Broseguini Tavares, é pai de Rodrigo e Rafael.


Militante das causas dos direitos humanos, é filiado ao PT desde 1990. Administrador de empresas, especialista e mestre em educação, Eliézer vem contribuindo para o desenvolvimento do município de Vitória e para a condução de uma política ética e transparente no Espírito Santo. Atualmente é vereador de Vitória e membro da executiva estadual do PT e do diretório desde 1991.

 

Conheça um pouco da sua história:


1955 – Nasceu em Ipanema, Zona da Mata mineira, e com 9 meses de idade mudou-se para Baixo Guandu, no interior do Espírito Santo;


1959 – Posteriormente, mudou-se para Alfenas, sul de Minas Gerais, onde iniciou sua vida escolar, cursando até o final de outubro do mesmo ano a 1ª série do ensino fundamental em escola pública;


1963 – Mudou para São Paulo e, durante 8 meses, sua família aguardou visto para mudar para a Venezuela, pois seu pai havia sido convidado para um trabalho missionário em Caracas. No entanto, em 31 de março de 1964, houve o golpe militar e Eliézer e sua família foram impedidos de realizar a mudança;


1964 – Mudaram para Jataí, em Goiás, convidados pela mesma organização que havia feito o convite para a Venezuela. Neste ano, seu pai passou a dirigir uma grande instituição de ensino chamada Instituto Samuel Graham (ISG), onde Eliézer cursou até a 3ª série do ensino fundamental;


1966 – Junto com a família, passou férias de fim de ano em Vitória, na casa do avô materno Espiridião Duarte de Albuquerque. Na ocasião, seu avô convidou a família para voltar ao Espírito Santo. O espírito missionário do Rev. Eliézer e da Prof.ª Ruth falou mais alto e eles foram a Goiás pedir demissão do ISG e preparar a mudança para Vitória;


1967 – Cursou a 4ª série primária (ensino fundamental), o 1º e 2º ano do ginásio (5ª e 6ª) no Colégio Americano de Vitória. Já no Colégio Almirante Barroso, em Vila Garrido, Vila Velha, e que era de propriedade de seus pais, Eliézer cursou a 3ª e 4ª séries (7ª e 8ª);


1970 – Começou a jogar vôlei no Clube de Regatas Saldanha da Gama, em Vitória;


1971 – Cursou o 1º e 2º científico (ensino médio) no Colégio Americano e o 3º ano no Colégio Nacional;


1973 - Transferiu-se para o Álvares Cabral e foi convocado para a seleção capixaba de vôlei;
 

1976 – Iniciou o curso de Administração com ênfase em Processamento de Dados, na FAESA. Também nessa época trabalhou como Técnico em Telefonia da Erickson do Brasil;
 

1977/78 – Foi monitor/professor (como era chamado na época o contrato temporário) no Instituto de Educação, e trabalhou no Projeto CIATA, do IBGE, em Colatina;


1979 – Foi aprovado no vestibular da Universidade Gama Filho e foi cursar economia no Rio de Janeiro;


1980 – Conseguiu transferência para a UFES, na qual cursou até o 5º período de Economia;
 

1980 – Ingressou no curso de Administração da FAESA, concluindo em 1983 após eliminar várias matérias já cursadas;


1985 – Eliézer ingressa no BANESTES. Neste período trabalhou em várias agências e áreas do banco, fez concurso interno para Supervisor de Área (Recursos Humanos), na Direção Geral do banco. Em 1988 trabalhou também como assessor da então primeira dama, Maria Gleide Mauro, na Unidade Comunitária de Integração Social – UCIS, do Governo do Estado, onde foi o coordenador geral da Feira dos Municípios daquele ano;


1986 –Foi eleito Presbítero da 2ª Igreja Presbiteriana Unida em Santo Antonio;


1990 – Filiou-se ao Partido dos Trabalhadores;


1990 – Entrou para a Federação Estadual dos Bancários RJ-ES, na qual ficou até 1998. Nessa época trabalhou na Agência Central do BANESTES e no DEORG – Departamento de Organização e Métodos;


1991 – Eliézer entrou para a Executiva Estadual do PT, na qual ficou até 1996 e retornou em 2001, fazendo parte até hoje;


1991 – Entrou para a direção do Sindicato dos Bancários do Espírito Santo, na qual ficou até 2004;


1993 – Trabalhou como professor da Faculdade de Turismo, em Guarapari;


1995 – Fez parte do Conselho Político do Governo Vitor Buaiz no Estado, junto com Iriny Lopes, Rogério Medeiros, Aloísio Krohling e Otaviano Carvalho. Sua corrente interna, na época chamada Força Socialista, foi a primeira a romper com o governo e Eliézer saiu do Conselho Político;


1996 – Assumiu a Presidência do PT Vitória até 2000;


1999 – Ingressou na Especialização e depois Mestrado em Educação no IPLAC (Instituto Pedagógico Latino Americano e Caribenho) em Havana (Cuba);


1999 a 2003 – Trabalhou como professor da Faculdade Estácio de Sá;


2000 – Eliézer foi eleito como vereador pela primeira vez no município de Vitória, e exerceu seu primeiro mandato na Câmara de Vitória de 2001 a 2004;


2004 – Foi reeleito como vereador;


2005 – Assumiu a Secretaria de Planejamento no Governo João Coser na Prefeitura de Vitória;


2006 – Criou e estruturou a Secretaria de Trabalho e Geração de Renda de Vitória, a qual secretariou até 2008;


02/2008 – Retornou a Câmara de Vitória para disputar nova eleição, tendo ficado como 1º suplente de sua coligação;


2009 – Eliézer assumiu a Secretaria de Cidadania e Direitos de Humanos de Vitória;


2011 – Voltou à Câmara de Vitória para assumir o mandato de vereador do município e atualmente é 2º secretário da mesa diretora da CMV, e Vice Presidente da Comissão de Justiça, Serviço Público e Redação e suplente nas comissões de Finanças, Meio Ambiente e Obras.

 

 

 

 

Eliézer Tavares 2009 - Todos os direitos reservados.