Comissão Parlamentar de Inquérito

Para que serve uma Comissão Parlamentar de Inquérito? A resposta é muito simples. Para quando um governante se recusa a prestar informações à sociedade e/ou ao parlamento. Em Vitória nenhuma das duas possibilidades se confirma. O Prefeito João Coser colocou todos os documentos à disposição do Ministério Público; solicitou ainda uma inspeção extraordinária ao Tribunal de Contas Estadual; resolveu, em função das circunstâncias, antecipar sua prestação de contas na Câmara Municipal de Vitória, bem como se propôs a prestar esclarecimentos para com o público em geral, por meio da imprensa em entrevista coletiva.

 

O Ministério Público tem sido um grande instrumento na construção democrática e republicana do nosso país e, nesse caso em particular, já vem atuando, inclusive com o irrestrito apoio do Prefeito, o que garantirá a sociedade a mais completa elucidação dos fatos.

 

Se há uma investigação patrocinada pelo Ministério Público, que é o órgão mais legitimado pela sociedade e pela constituição brasileira para esse tipo de situação, e se o Prefeito se dispõe a prestar todos os esclarecimentos para os órgãos que tem legitimidade para exigi-los e ao público em geral, a implantação de uma CPI nesse momento serve apenas para alimentar interesses políticos eleitoreiros, que visam desgastar a imagem do Prefeito e do seu Partido, em vista da proximidade das eleições que vão escolher a sucessão municipal. É muito mais eficaz, nesse momento, respeitar os instrumentos republicanos que já estão em curso do que atender a interesses subterrâneos.

 

Eliézer Tavares
Vereador de Vitória - PT
Administrador de Empresas e Mestre em Educação

 

 

 

 

Eliézer Tavares 2009 - Todos os direitos reservados.